domingo, 7 de outubro de 2012

Onde comer barato em Veneza: Brek Bar Ristorante







                     CAIA NO OBVIO (DE VEZ EM QUANDO)...


Há certos momentos que você precisa encontrar um restaurante só para comer, nada mais. O mais trivial de tudo, o ato mecânico de mastigar e engolir. Nada de histórinhas rocambolescas, receitas deliciosas guardadas à 7 chaves por uma família desde o século XIX, nem uma pequena portinha onde foi inventado tal ou qual prato típico.



 Este post foi escrito quase como uma confidência, falada aos sussurros, como na brincadeira do telefone sem fio, com certa vergonha, para quem quer (ou precisa)  cometer a heresia de, estar na Itália, e  adentrar num restaurante, apenas para comer.

Isto porque os italianos levam a comida muito à sério, o ato de comer é quase que uma hora sagrada, e as etapas de uma refeição italiana tem momentos bem conhecidos: antepasto, insalata,  primo, secondo, contorni, dolci, digestivi, etc. É quase impossível acompanhar um italiano à mesa, eles comem bem...e muito!!!! E eu fico meio confuso quando eu vejo as vezes eles pedindo salada depois do prato principal, e coisas do tipo....
Então, você vai entender se eu te disser que é estranho estar na Itália e "comer só por comer..".

Este post fala do ato de comer apenas - sem raciocínio, sem aguçar os sentidos, sem nenhuma experiência cognitiva, o ato mais primitivo e mais bárbaro de "comer e apenas comer"...


Minhas aventuras gastronômicas na Itália começaram lá pelo 5o dia naquele país. Em Milão, não foi preciso ir muito longe: experimentando uma iguaria local, o panzerotti e forrando o estômago com deliciosos aperitivi, eu me dei por satisfeito. Mas os lugares onde eu realmente me aventurei pela gastronomia italiana foi em Roma, Florença e Nápoles...ali eu fui à desforra.

Mas em Veneza havia uma certa hesitação. Milão e Veneza foram as cidades que eu me preocupei mais com o preço das coisas – será que vai dar? E eu digo que comer em um bom restaurante deve ser um ato pensado com muita antecedência – você tem que saber exatametne onde vai e o que vai comer. Pois é uma coisa que pesa muito no seu orçamento...




Em Veneza eu estava indeciso, não queria gastar muito. Queria começar a esbanjar mesmo quando fosse conhecer a Cucina Povera (a típica cozinha da Toscana). Mas eu sabia que não poderia sobreviver a dois, três dias à base de porcarias e street foods. Precisava de uma refeição decente. Mas onde ir?

Há um lugar super jeitosinho, que todo mundo conhece por lá. É a Osteria La Zucca, com jeitão de cantina familiar, com umas mesas pra fora, e vista da janela para um estreito canalzinho...Lá eles servem principalmente peixes e frutos do mar, especialidade direto do Mercato del Pesce al Minuto (veja o post anterior), para a panela do chef...os peixes servidos por lá, como na maioria dos lugares em Veneza, estão fresquinhos...






O problema é que o lugar, exatamente por ser uma osteria (uma cantina italiana), não oferece muitas mesas (cerca de 35 mesinhas e só!!) E isso é um problema em Veneza. Então, as duas vezes que eu passei por lá, e tentei reservar uma mesa, já não havia mais nenhuma disponível.


Além disso, você sabe né.?.Não faz nada bem para o bolso $$$ você jantar toda  noite  naquele restaurante super chique ou caro, ou mesmo num restaurantezinho metido a osteria, cantina, etc.  que no fundo acaba saindo tão caro quanto....


Enfim, nem toda hora ou em todo lugar, você pode comer como um "patrão"...


 BREK OU COMER NO ESQUEMA "BOM, BONITO E BARATO..."



A solução? Como eu disse, se você não quer ir num lugar especial, um restaurante conhecido ou diferente, mas quer apenas alimentar-se, eu tenho uma dica que vou falar neste post: vá ao Brek Bar  Ristorante.  


Fica na região de Cannaregio , 124. 


O Brek é uma rede de restaurantes que  você encontra em algumas cidades da Itália. E o negócio deles é oferecer pratos com uma velocidade de fast-foods. Ou seja, é um restaurante para uma refeição rápida no estilo self service.

















Fica no Cannaregio, Lista di Spagna, 124 ...bem pertinho da Estação Santa Lucia.


O melhor jeito de chegar lá, é partindo da Estação, indo em direção à Ponte degli Scalzi. Se você seguir em frente sem atravessá-la, você vai adentrar no sestiere de Cannaregio, vai ser fácil de notar....é uma ruazinha toda cheia de comércio.









Adentrando esta ruazinha ao lado da Ponte degli Scalzi não é preciso andar muito para já ver a fachada do Brek  Bar Ristorante:
















No Brek  Bar Ristorante é tudo prático e rápido. Você pode optar por levar sua comidinha já embalada....



Ou pode ir servir-se...Você já deve ter visto esse esquema. Não tem segredo nenhum. No Brek  Bar Ristorante tudo é rápido e agilizado porque tudo já vem prontinho do pré-preparo: é só misturar e esquentar. Há alguns restaurantes que eu fui aqui no Brasil que funciona assim: você escolhe a massa (espaghetti, fettuttine, penne, etc) e escolhe o molho (funghi, pomodoro,...) e eles colocam tudo numa panela e esquentam: como num passe de mágica está o seu prato montado na sua frente. 




Eu já vi eles fazem isso no Brasil, mas só com massas. Lá no Brek é como se fosse uma linha de montagem...você escolhe o prato, depois a salada (insalate) e depois a sobremesa (dolci). No melhor esquema Tempos Modernos do Chaplin...



O balcão das insalate também já está tudo montadinho, é só apontar que eles pegam pra você:






Você também pode pedir o tal do "piatto bis": você escolhe dois sabores de massa e molhos e eles colocam tudo num prato grande divido ao meio, dividindo metade do pedido em cada lado do prato (ou seja, é o típico "prato-de-pedreiro" em que você mistura tudo numa montanha).



A impressão que no Brek Brek  Ristorante tudo é tão despojado de cerimônia que talvez seja o único lugar onde ninguém vai te olhar torto se você pedir um macarraozão com coca-cola.




 O bom é que ali é tudo bem sinalizado, com letras garrafais, não tem como alguém se confundir....os preços estão estampados bem em cima da sua cara...




 A bebida é por sua conta....

O vinho é baratinho, custa cerca de 2,70¢ - chega a ser menos do que uma coca-cola:





Se você quiser uma cerveja na pressão, também pode tirar seu próprio copo:




Assim como o vinho, é só pegar uma jarra e se servir, é tudo self-service mesmo:












 Depois é só passar no caixa, e escolher um lugar para sentar:





Numa refeição como esta (lasanha bolonhesa+ salada fria + uma cerveja na pressão)  não cheguei a gastar 15¢ (num restaurante no esquema "patrão" uma refeição não sai por menos de 70¢).




No outro dia, eu também fui lá...foi o único restaurante na Itália que eu voltei duas vezes. De novo, uma refeição com 2 pratos e uma bebida (pasta al pomodoro+bisteca grelhada + vinho) não saiu por 15¢. 










       A comida no Brek Ristorante não é a melhor que você vai provar na Itália. Mas também não é ruim. É uma comida decente e honesta à um preço justo. Num lugar em que comer pode ser uma tremenda de uma furada, onde a qualquer esquina eles querem te sugar seus suados euros, e uma osteria com cara de cantina de família pode ser um puta lugar "careiro" ... vale a pena ir num lugar como esse...é barato, é rápido e é bom. Ponto! 

       Nem tudo na vida precisa ser especial. De vez em quando fazemos coisas mecanicamente, sem pensar...vá no Brek, coma apenas para restabelecer as forças e aproveite o que Veneza tem de melhor (certamente não são os seus bares, cafés e restaurantes - há cidades melhores para isso) - que é visitar a linda cidade com vista para o Mar 
Adriático.



12 comentários:

Kelly Fernandez disse...

muito bom seu post. estou indo para a Italia em maio, vou fazer um mochilão e com certeza em Veneza meu objetivo é economizar, a hospedagem já está bem carinha hehehehehe Valeu pela Dica, parabens pelo blog!

Maurício Ouyama disse...

Ola Kelly, obrigado pela visita ao blog e pelo comentário. Acho que este lugar é realmente um dos mais barato para se fazer uma refeição, mas há bastante opções de street foods perto do Mercado de Rialto. Outra coisa, se você tiver tempo não deixe de visitar as ilhas perto de Veneza como Murano e Burano, vale a pena (o tour da cia Alilaguna, partindo da Piazza di San Marco, custa 20 euros ) abçr

Felipe Ruiz disse...

Caraca! Estou indo pra Veneza agora em Fevereiro, e seu post realmente me tranquilizou! Achei que ia ter que gastar 70 euros em toda refeição... já estava quase desistindo... kkk

Valeu mesmo pelo post!

Boas viagens a todos

Maurício Ouyama disse...

Cara, com certeza é um lugar caro, não tem como...Há coisas lá que são super caras, como por exemplo tomar um cafezinho ouvindo a orquestra na Piazza di San Marco no histórico "Café Florian" (um café e uma água pode custar uns 20¢), e também há no final da noite uns restaurantezinhos que coloam umas mesas para fora, cheia de velas....é quase irresistível querer sentar ali!!! Mas este restaurante que eu contei aqui foi uma sugestão de uma amiga que foi lá acho que em 2005, e quando eu fui em 2012, ele continuava ali, barato...então acho que por muito tempo ele vai ser uma opção de comida boa e barata...

(obs: ah, sim..e qualquer refeição com pelo menos 2 pratos (primo, secondo) e o antepasto e vinho, vai sair mais ou menos isso..70 euros, mas você nao precisa comer num restaurante todo dia né)

abrç, boa viagem.

fegramiceli disse...

Parabéns pelo blog, muito boas as dicas....como é bom ter pessos neste mundo que gostam de dividir suas experiências...Estou indo a Veneza em dezembro deste ano/13....vou ficar 3 dias, mesmo estando hospedada na Piazza San Marco, iremos fazer nossas refeições seguindo suas dicas...
Fernanda - BH - MInas Gerais - Brasil

Anônimo disse...

Boas dicas

Tartufo disse...

Foi a melhor dica que li até agora, sabe irei ficar 14 dias na itália dos quais 2 em veneza e estou quebrando a cabeça com alimentação. Afinal não quero gastar tudo em comida.

Então foi marcando todos mcdonalds,subway que acho.

Em roma tem o lasagnam também que não é caro. Agora em firenze até agora não achei nada bom estou procurando também. Milão vou no luni panzerotti,mc donalds e autogrill.

Pagar gorjeta de garçom e comer mal estou fora.

Parabéns pelo blog.

Abcs.

disse...

Fiquei maravilhada com a sua dica, ela foi de grande valia para mim, que preciso conter gastos. Parabéns!!!

Maurício Ouyama disse...

Obrigado Rô, continue lendo o blog, e dividindo impressões, abrçs

Ana Flávia G. Bassi - Campinas disse...

Tenho muito a agradecer todas as pessoas que postam suas experiências, dando dicas para facilitar a vida de quem viaja. Estarei mês que vem em Veneza com meus pais e o blog foi maravilhoso, dando-me noção do funcionamento do Brek ristorante (franquia que eu não conhecia na Italia). Tranquilamente entrarei neste estabelecimento, afinal já pesquisei e constatei os preços absurdos que encontrarei pela frente. Agradeço em nome de muitos que passaram e passam por aqui pegando macetes valiosos. Parabéns pela descrição...

Ana Flávia - Campinas

Maurício Ouyama disse...

Prezada Ana Flávia, obrigado por visitar o blog. Quem bom que gostou da dica, Este post tem sido muito útil para muitos viajantes que vão para Veneza. Recebi essa dica de uma amiga minha que foi para lá em 2004..., e resolvi registrar tudo no blog pois não tinha encontrado até então nenhuma descrição sobre este lugar. Espero que esse lugarzinho fique aberto ainda por muito tempo, pois é uma boa pedida para quem quer gastar pouco.... abrçs

guedes Porto disse...

obrigado pela dica era o meu maior problema o fazer refeições, pois nós o Português gosta de comer bem e pagar pouco, assim sendo eu vou la comer e depois confirmo ou não.
estarei em veneza dia 23-10-2014

Postar um comentário

Gostou deste post? Quer falar também sobre suas impressões de viagens? Quer acrescentar detalhes que você conhece sobre o assunto? etc...

Use este espaço, é livre. Deixe seus comentários, críticas e sugestões, etc. Ajude-nos a melhorar cada vez mais...