sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Visitando Pompei Scavi

   

      No primeiro post  eu expliquei como faz para chegar até Pompéia. O objetivo deste post é falar sobre algumas coisas que você pode ver por lá. 

  Em primeiro lugar, tenha em mente que é uma cidade inteira a ser percorrida. Um passeio por Pompéia pode durar cerca de 4 ou 5 horas, e mesmo assim você não vê tudo. Ou seja, é quase a mesma coisa que você percorrer uma cidadezinha da Itália como Lucca, por exemplo. 

   E Pompéia é um inferno, turisticamente falando, tudo lá é cheio...muvuca total. 



     Em segundo lugar, você pode percorrer toda a cidade tranquilamente, sem o auxílio de ninguém (você pode entrar numa visita guiada, mas eu acho furada - também pode alugar um audioguia, mas acho que o tempo que você perde ouvindo cada detalhezinhe não vale a pena também, pois o lugar é grande demais, com o tempo você acaba cansando de parar em cada casinha e apertar o botão...)

     No início do trajeto, perto do gichê, há um balcão de informações. Você pode pegar um mapinha grátis lá, que será muito útil. Mas mesmo com o mapinha nas mãos, ainda é preciso fazer um roteiro previamente, definir prioridade, leve uma caneta e vá fazendo o seu percurso no mapa, para não ficar andando a esmo pela cidade...



    Então fica minha dica, antes de começar a fazer qualquer coisa...sente num cantinho e trace seu próprio roteiro....




O QUE VOCÊ PODE VER EM POMPÉIA

O que eu vou te dar aqui são algumas sugestões, que vai depender do seu interesse em visitar este ou aquele lugar. Mesmo estando lá, eu não consegui ver tudo que eu queria num único dia. Fui vencido pelo cansaço, pois era um dia de sol quente, e as pedras das estradas deixam o seu pé detonado...

Mas vamos lá...vou dizer oque você pode encontrar andando pelas scavi...

   As Portas

    Pompéia era uma cidade murada...ela preserva ainda bem o seu traçado. Ao longo da cidade você vai encontrar 8 vias de acesso à cidade, são as portas: Marina, Nocera, Stabia, Sarno, Nola, Captus, Vesuvio e Ercolano. 





      A Porta Marina

    A primeira dessas portas que você vai encontrar, entrando pela região da estação Pompei Scavi - Villa dei Misteri é a Porta Marina. Essa era a região mais próxima do mar, daí o seu nome, por onde os mercadores traziam os peixes e frutos do mar. Logo na entrada você vê uma imensa rampa e dois arcos...O da direita era para as carroças e animais ligeiros; do lado esquerdo era a entrada das pessoas..







     A Via dell´Abbondanza

    A Via dell´Abbondanza é uma decumanus. Uma via em linha reta que corta praticamente toda a cidade de ponta a ponta. Ela começa na região do Forum e se estende até o final da cidade, perto do Anfiteatro, indo desembocar na outra extremidade, na Porta Sarno.





   No trajeto da Villa dell´Abbondanza, você vai encontrar algumas das maiores e imponentes construções de Pompéia como o Forum, o Anfiteatro e as Termas Stabianas.
     A Via dell´Abbondanza também era uma artéria de Pompéia, e como tal era formada por centenas de armazéns, tavernas e possuía algumas das propriedades (domus) mais fabulosas da cidade. Ou seja, no seu auge, essa rua era uma via movimentada, com intenso vai e vem de pedestres e animais, uma das ruas mais cheias da cidade...

   O legal é que bem no meio das ruas de Pompéia você pode ver uns grandes blocos de pedra, que servia para as pessoas passarem quando as ruas estavam alagadas. 


Os blocos foram colocados exatamente numa distância em que dá para passar uma carroça ou um animal...



   Outra coisa legal é que as ruas de Pompéia tem grandes  bebedouros quadrados, que tem uma escultura de um rosto. A maioria deles são réplicas dos que existia na época espalhados pela cidade. Um deles que é original, encontra-se perto do Lupanar, mas não funciona...está seco..




E também há partes das ruas que estão pichadas...desde aquela época já existe isso...



E essa você já sabe, né? Perto dos prostíbulos de Pompéia havia um pênis gravado no chão, indicando a direção do puteiro...


   A Basilica

     A primeira grande construção que você vai encontrar em Pompéia, entrando pela Porta Marina é a Basílica. Assim como Nápoles, essa região inteira da Campagna foi habitada pelos gregos. A Basílica foi construída por volta do século II. Caminhando por ali, hoje em dia, você ainda consegue ver as fileiras de colunas que formavam as 3 naves do edifício...






   O Templo de Isis

   O Templo de Isis também foi construído entre algum momento no século II e o século I a. C. Ele foi bastante avariado durante o terremoto de 63 d.C, a estátua original de Isis e grande parte dos afrescos que haviam no seu interior encontram-se no Museo Archeologico Nacional em Nápoles...






     O templo de Apolo

     Outro lugar que marca a presença dos gregos na região da Campagna é o Templo de Apolo. Ele foi um dos primeiros edifícios a serem descobertos durante as escavações. A estátua de Apolo original que foi descoberta durante as escavações encontra-se hoje no Museo Archeologico Nacional em Nápoles. No mesmo lugar foi colocado uma réplica.








    O Forum

    Como se sabe, o forum era o centro político e econômico de uma cidade, Era em torno dali que tudo girava. Os cidadãos romanos iam para esse espaço público para discutir e tomar decisões importantes dos rumos da cidade, era o espaço de convivência e trocas..o coração da cidade...
O Forum de Pompéia não chega a ser grande, mas dá pra ter uma ideia de como a cidade estava bem organizada, no seu auge...









E dali do Forum você tem uma visão perfeita do Vesúvio....



   



  O Granai dei Foro

  Num armazém perto do Forum fica o Granai dei Foro. É para lá que foram levados alguns dos achados arqueológicos de Pompéia. Entre dezenas de objetos do dia a dia de Pompéia, você vai ver lá os primeiros corpos petrificados, prepare-se para ter emoções fortes...



   As Termas Stabianas
 As termas eram espécies de casa de banho, puteiro, espaço de diversão e entretenimento, loja - tudo num lugar só. Nesses lugares, homens e mulheres podiam desfrutar de banhos quentes e mornos, num clima de promiscuidade e putaria, digno de Baco. Bem no centro da Via dell´Abbondanza você vai encontrar a mais importante das termas de Pompéia, as Termas Stabianas.









    O Lupanar

   Esse é um dos locais mais curiosos de Pompéia. É um beco, conhecido como Covil das Lobas. Lá você vai encontrar um autêntico puteiro romano...





    O Grande Teatro

   Pompéia possuía um grande teatro. Bem próximo da região das Termas Stabianas. Este teatro foi construído na época de Otávio Augusto e comportava mais de 5.000 pessoas. O teatro romano ainda era construído da mesma maneira que os teatros gregos, ou seja, em forma de ferradura. Este teatro tem três setores: a parte mais baixa (ima cavea), a parte do meio (media cavea), e a parte de cima (auditorio summa). O legal é que esses lugares são imensos, mas tem uma acústica incrível. Lá de cima do último anel eu conseguia ouvir tudo que uma guia estava falando lá embaixo para um grupo de turistas...


















   Como eu nunca vi um teatro grego ao vivo, foi muito legal conhecer um teatro antigo em Pompéia.




   O Pequeno Teatro
  
   E bem do lado do Grande Teatro, praticamente contíguo, está o Pequeno Teatro, utilizado para espetáculos de menores proporções.








     O Grande Ginasio

   O Grande Ginásio é outra construção gigantesca que vemos no centro de Pompéia. Quando aconteceu a tragédia de 79 d.C, muitas pessoas correram para lá, e se refugiaram nas latrinas. Mas acontece que muita gente teve a mesma ideia. Quando o lugar começou a encher, as pessoas fecharam as portas e dezenas de outras pessoas morreram tentando entrar ali.








  O Anfiteatro

  No auge da civilização romana, muitos anfiteatros foram construídas nas cidades ocupadas por elss. Eu vi na Itália, vários locais onde "antigamente" havia um anfiteatro, mas a construção em si já não existia mais. Foi apenas em Pompéia que eu vi um anfiteatro romano de verdade. Sim, eram aqueles lugares onde eram feitos os espetáculos de gladiadores. 
   Para mim foi uma experiência interessante pois eu conheci o Anfiteatro em Pompéia e no dia seguinte eu visitei o Coliseu. Assim deu pra ter exatamente a noção do que era o Coliseu de Roma em relação aos outros anfiteatros romanos...



Orto dei Fuggiaschi

Neste pequeno jardim você vai encontrar uma das cenas mais chocantes de Pompéia. São 13 corpos petrificados, posicionados exatamente da maneira em que foram surpreendidos durante a tragédia de 79 d.c..









   A Necropole de Porta Nocera

   Na parte final do seu trajeto, ainda dá pra ir ver um lugar bem interessante e tranquilo. É a Necropole da Porta Nocera, que como o nome diz, situava-se numa das vias de acesso a Pompéia. Lá você vai encontrar diversos túmulos e monumentos das famílias patrícias de Pompéia...













     A Via dei Sepolcri...

   Um dos lugares mais curiosos de Pompéia é uma via suburbana, que começa perto da Porta Ercolano e vai te levar até a Villa dei Misteri. Essa rua é coberta por túmulos dos dois lados. Mas o interessante é que esses túmulos estão todos cobertos de inscrições: alguns são auto-elogios escritos pelos próprios interessados ainda em vida e mandado colocar na lápide; outros são feitos por entes queridos e que exaltam as suas qualidades "Foi bom pai", "Minha esposa querida", "meu amado filho"..."cumpriu os deveres de cidadão", "morreu fazendo o bem"...mas também existem várias lápides que contém injúrias como "Aquele escravo ingrato", "morreu sem pagar as dívidas", "esse sócio que me levou à falência"...é uma maneira curiosíssima de se relacionar com os mortos, vale a pena você visitar!







      As Escavações e restaurações

   Em alguns lugares de Pompéia você vai ver que ainda estão sendo feitas escavações....













    
      É uma oportunidade muito legal para você conhecer como é um trabalho arqueológico de verdade...






     HORA DE IR EMBORA...

   Você percebeu que em todo o trajeto que eu comentei aqui, não tem nada de sombra e água fresca? Neste ponto, Pompéia é um inferno, cheio de gente, solzão rachando....sem contar que andar naquelas ruas de pedra dói o pé pra caramba, ainda mais depois de 4 ou  5 horas andando direto...

  Por mais que dê vontade de ficar lá o dia inteiro, o corpo começa a reclamar....




     E quando você vai embora...você ainda é brindado na saída com uma vista espetacular da baía de Nápoles...




   Na saída, é claro, muitos camelôs, bugigangas, gente querendo chamar sua atenção à todo custo...Os objetos lá são lindíssimos, mas parou para olhar, fudeu...eles nunca mais largam do seu pé...





Quando você estiver esperando o trem de volta para Nápoles...

lembre-se da dica que eu te dei lá no primeiro post...desça na estação Napoli Centrale e vá comer uma pizza napoletana...






1 comentários:

Josinete Lima disse...

Realmente descreveu bem o que é caminhar em Pompéia e esclarece e orienta muito bem.

Postar um comentário

Gostou deste post? Quer falar também sobre suas impressões de viagens? Quer acrescentar detalhes que você conhece sobre o assunto? etc...

Use este espaço, é livre. Deixe seus comentários, críticas e sugestões, etc. Ajude-nos a melhorar cada vez mais...