sábado, 23 de outubro de 2010

Cilada (2): O café mais caro da sua vida





Ah Paris...e seus cafés!!!!!" acho que uma das coisas que está mais cravada no imaginário das pessoas é justamente aquela idéia de você sentar numa mesa..pegar seu livrinho...e esquecer da vida..sentado confortavemente num café em Paris...(mas tem que ser em Paris..não adianta ser naquela rua esburacada da sua ou da minha casa..e também falar de "Café e Paris" não é só aquele lugar onde você foi ver o show da Tammy Gretchen ou da Fernandinha Fernandes..)









Não sei quem inventou isso..mas sentar num café em Paris..parece ser mesmo um patrimônio desta cidade..e o costume vem de longa data..muito antes da gente ter pensado em virar um espermatozoide...

Você pode fuçar na loja Photographie do sr. Fabien Breuvart.(veja o post sobre o Marché des Enfants Rouges aqui ) .irá encontrar dezenas de fotos em cafés antigos como este..



E tem coisa melhor? Por exemplo..no Chat Noir..até se você pede simplesmente ...água!!! vem com estilo..ela vem com uma rodelinha de limão..que dá uma panca que nem parece que você está so bebendo água..




Chat Noir, em Pigalle


E neste eu nem arrisquei a ir..é muito chic..é o Café Marly..deu pra ver a pinta né..tá em frente à o que..me diz? (Lógico que o preço vem embutido)

Café Marly, dentro do Louvre


Mas as cadeiras estão lá..elas te atraem..




é gostoso.. ficar ali sem fazer nada..lagarteando..Antes disso, o máximo desses momentos de contemplação (= ócio) que eu tive foram aqueles momentos no pátio da Reitoria depois de comer no R.U...e fazer a digestão lenta do picadinho com macarronese..






quem não quer fazer isso? Aliás..o legal é que as cadeiras e as mesas estão voltadas mesmo para a rua..propositalmente...literalmente para você ficar vendo as pessoas irem e virem..


Aliás, estas cadeiras que encontramos em Paris é uma marca registrada da cidade, elas são fabricadas desde o século XIX pela Maison Drucker...(Veja o site: http://www.drucker.fr/gb/index.html)
Alguns cafés tradicionais, como o Café de Flore e outros mais antigos chegam a ter modelos exclusivos construídos pela  Maison Drucker:

Café de Flore, Boulevard St. Germain.
As bistrot chairs são copiadas em restaurantes e cafés chiques do mundo todo, mas você só pode dizer que sentou em uma..quando você estiver em Paris...


Tudo isso, somente para você ficar sentado....que maravilha hein?


Você se lembra das descrições de Walter Benjamin sobre o "flaneur", uma pessoa que caminha pela cidade, observando cada detalhe, afim de experimentá-la, decifrá-la...


Dá para entender por que Benjamin..falando de Baudelaire na Paris do auge do Capitalismo..falou tanto das ruas de Paris..





estando lá..dá pra sentir mesmo que em Paris...mais do que em qualquer lugar do mundo é impossível nao se deixar levar...e "flanar"
..com certeza nem eu nem você é tao foda quanto Benjamin ou Baudelaire.., ah..mas deixa eu ter meu momento ,vai..só aqui você vai ser um ser errante, alguém que deambula pela cidade sem propósito aparente..sem ninguém poder te acusar de ser um tremendo de um vadio..você pode achar a desculpa que na verdade..você é um flaneur.




Mas sabe..pensando bem..as vezes..você comete umas bobagens..por exemplo..pagar o seu café mais caro de toda a sua vida...


Ta bom..tem gente que é pior..já ouviu falar que o café mais caro é feito de cocô? È verdade...ele é feito na Indonésia, ele se chama Kopi Luwak..eles pegam um animal., o iuwak (também conhecido aqui como civeta), .fazem ele comer grãos selecionados.de café.e depois recolhem o "charuto" dele....,, que sai um tarugo mais ou menos assim:

tarugo de café
       Teoricamente, dizem que a civeta, que se alimenta de grãos de café, instintivamente seleciona os melhores grãos da espécie...e que um café feito com os grãos cagados pelo animal, contém enzimas após ter sido fermentadas pelos àcidos estomacais, que dizem que dá ao café um gosto "aveludado", "achocolatado" (por quê então não tomam chocolate, porra!!!)..ou seja, ele não tem aquele gostinho amargo que estamos acostumados a sentir quando tomamos aquele cafezinho escuro...

       Mas tudo tem seu preço né?  Pode ter certeza que para "bacana" tomar café aveludado, um monte desses bichinhos fofos tomaram no cu., literalmente.

      Quando você compra uma caixa de 260 gramas do tal café, recebe num pacotinho um pedacinho de estrume..bacana né?

Kopi Luak, café gourmet feito com fezes da civeta (iuak), Indonesia


Mas   também, eu desconfio, seja apenas mais uma forma de nos enganar.. Na verdade, é o seguinte: a tal da civeta come os grãos de café, e não consegue digerir o âmago duro da fruta..assim ele caga o caroção..e malandro vai lá e recolhe o tarugo...se eu soubesse que recolher merda dava dinheiro....eu não tinha feito faculdade de História...


Calma..mas não foi isso que eu fui fazer em Paris.. nao sou tão burro assim...

Tomar café numa daquelas "bistrot chairs" voltadas para a rua..é uma delicia para o paladar e para os sentidos. Mas o que todo mundo sabe é que no final você acaba pagando mais caro, por estes floreios todos...e se pensar bem, você só esta tomando café...



Por exemplo...qual é a diferença de você sentar pra dentro ou pra fora do tal botecão..

Mas só por que está escrito Café no nome..e é em Paris..eles utilizam uma malandragem:
_ bebericar um café no terraço ou na calçada de um desses cafés..com suas cadeiras meticulosamente voltadas para a rua......que idéia excelente..mas saiba que só por isso..você está pagando mais caro..há uma espécie de taxa que é cobrada..já quando você senta em uma dessas mesas..



a vantagem?? é que você pode pedir só um café..e ficar la sentando por horas..que ninguem vai te incomodar..(lembra daqueles garçons no Big Baile.ou no Flik´s..que entornam o resto da cerveja no seu copo so pra você consumir mais? isto não existe aqui..). Quando você faz o pedido..eles já trazem seu suco, café, água...e já trazem a conta também..mas eles não estão te enxotando dali......quando você finalmente resolver ir embora..ela já ta ali.


a desvantagem? uma brincadeira dessas pode custar uns 7 euros..lembra..(se for hoje..1 euro pode ser o equivalente a 2,54)..ou seja..você está pagando mais de 14 reais num café!!!!!


Ah..mas pense naquelas mesas maravilhosas lá fora.., um lugar tipo perto do caixa ou do balcão..pode ser meio triste... e sem graça.. ninguém quer ficar ali!!






e sabe-se lá quando você vai voltar à Paris..entao eu pergunto...Vale a pena pagar mais caro??













3 comentários:

Ana disse...

Adorei as divagações sobre flâneurs e cafés... e acho que vale a pena sim (não o café cagado), mas só pra ter a sensação de sentar numa esplanada parisiense e ficar olhando o movimento. Claro que vale 14 pilas! ; )

Renato disse...

Seu texto me transportou a Paris! Obrigado! Estou em um Café interessante, mas nada comparado aos Cafés de Paris! Acho que vale a pena pagar mais caro e poder observar, conversar ou até escrever aquele belo conto ou uma mini crônica enquanto sentado em uma mesa inspiradora. Seja no Deux Magots ou do Cafe de Flore, imaginar que Hemingway esteve ali; que Sartre e Simone confabulavam o Existêncialismo naquele cenário... Na realidade, Paris inteira é inspiradora! Não conheço nenhum Café de lá que lhe impeça de ver mais além. Pode valer R$14,00, R$50,00 ou até muito mais...

o camponês de Paris disse...

É....cada vez me convenço mais de que valeu a pena sim..hehehe..

Postar um comentário

Gostou deste post? Quer falar também sobre suas impressões de viagens? Quer acrescentar detalhes que você conhece sobre o assunto? etc...

Use este espaço, é livre. Deixe seus comentários, críticas e sugestões, etc. Ajude-nos a melhorar cada vez mais...